Últimas Notícias
Brasil

Varíola dos macacos: caso notificado em Bragança é descartado pela Sespa

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) informou o caso de varíola dos macacos notificado pela Prefeitura de Bragança. O caso, como explicou o órgão, não atendia aos critérios estabelecidos para ser considerado como suspeito. Com isso, o Pará segue com dois casos de fato suspeitos — Parauapebas e Santarém — e um confirmado (Belém, que teve apenas a notificação por Ananindeua).

A Sespa garante estar monitorando casos suspeitos junto às prefeituras do Pará e treinando pessoal para lidar com a doença (Kevin David / Estadão Conteúdo)

Há um outro caso em análise, no município de Paragominas, mas ainda sem posição sobre se enquadrar ou não no perfil para testagem.

Por nota, a Sespa informou que "foi notificada sobre um possível caso de monkeypox pelo município de Paragominas. No entanto, a equipe de vigilância estadual ainda avalia, junto ao município, se há critérios para que o caso possa ser considerado suspeito". Se houver características suficientes para enquadrar como caso suspeito, as amostras serão enviadas ao Laboratório Central do Estado (Lacen-PA) para análise e contraprova nos institutos de referência.

Por enquanto, a Sespa não encontrou indícios de transmissão comunitária da varíola dos macacos, que é quando não se consegue mais rastrear a origem do vírus. O órgão reforça que está em constante contato com os municípios para que os casos suspeitos sejam identificados e conduzidos de modo adequado, para evitar a disseminação da doença.

Na nota, a Sespa afirma ainda que “tem realizado capacitação de profissionais de vigilância em saúde com reuniões semanais” para avaliação do cenário da doença no Estado.

Esse é o primeiro caso suspeito da doença identificado na cidade.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Agência Brasil



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário