Últimas Notícias
Brasil

Remo e Paysandu se enfrentam em clássico decisivo

Apresentando campanhas distintas na competição, Clube do Remo e Paysandu fazem, hoje, a partir das 17h, o jogo mais aguardado por seus torcedores na Série C do Brasileiro até aqui. O clássico, valendo pela 13ª rodada do campeonato, representa um divisor de águas para Leão e Papão. Uma vitória no Re-Pa representa mais que os três pontos em disputa nos 90 minutos da partida. O resultado, por tradição, costuma servir de diferencial para as campanhas de azulinos e bicolores em qualquer competição. Agora muito mais, com os rivais em posições diferentes na classificação da Terceirona.

| Jhon Wesley/Paysandu

Para apimentar ainda mais o Re-Pa, as equipes convivem com uma pequena sequência de jogos sem vitória, que precisa ser quebrada o quanto antes para servir como fator de motivação para a reta final do campeonato. O Leão não vence há três partidas, vindo de duas derrotas (Volta Redonda-RJ e Altos-PI) e um empate (Figueirense-SC). O Paysandu, por sua vez, há duas rodadas não consegue somar três pontos, tendo sido derrotado pela Aparecidense-GO e empatado com o Brasil de Pelotas-RS.

Azulinos e bicolores deixaram escapar, nos jogos anteriores, pontos preciosos, sobretudo naqueles disputados em Belém, e que precisam ser recuperados já a partir do Re-Pa, que representa sempre uma disputa à parte entre os grandes rivais. E os atrativos do clássico não param por aí. Na atual temporada, o retrospecto do maior confronto do futebol da Região Norte apresenta empate, com Leão e Papão possuindo uma vitória cada e um empate, em jogos valendo pelo Campeonato Paraense, levantado pelos remistas em plena casa do adversário.

Melhor posicionado na classificação da Série C, o Paysandu, até o começo da 13ª rodada, ontem, ocupava a vice-liderança da competição, com 22 pontos, atrás apenas do Mirassol, que tem um jogo a menos, contra o Botafogo-PB, que era o 4º colocado antes do começo da rodada. O Clube do Remo, por sua vez, encontra-se fora do G8. Até o começo do final de semana, o Leão era o 10º colocado, com 17 pontos. Assim sendo, o Re-Pa tem um grau maior de importância para os azulinos.

Um empate não tira o Papão da primeira página da classificação, visto que o 8º colocado, o Ypiranga-RS, soma 17 pontos. O resultado, porém, pode-se dizer, é desastroso para o Leão, que, neste caso, seria empurrado para mais perto da zona de rebaixamento. Por tudo o que foi apresentado aqui, o Re-Pa, de número 766 da história promete fortes emoções aos torcedores.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Dol



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário