Últimas Notícias
Brasil

PF faz operação contra suspeitos de assaltos a carros-fortes; dois alvos foram mortos em ação policial em Varginha, em MG

A Polícia Federal começou a cumprir, nesta terça-feira (17), uma operação contra um grupo suspeito de lavar dinheiro obtido por meio de assaltos a empresas de valores e carros-fortes. Segundo a corporação, dois dos alvos da investigação estavam entre os 26 mortos em uma ação policial em Varginha (MG), no ano passado.

Armamento utilizado por suspeitos de integrar quadrilha de roubos a bancos que foram mortos em Varginha (MG) — Foto: Franco Junior/g1

Ao todo, foram expedidos seis mandados de busca e apreensão, a serem cumpridos no Distrito Federal, em Goiás e Minas Gerais. A operação é realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público do DF (Gaeco/MPDFT).

Segundo os investigadores, "os suspeitos adquiriam diversos imóveis de luxo em dinheiro vivo, faziam viagens para sofisticados resorts, criavam empresas de fechada e uma série de outros atos que tinham por objetivo ocultar e dissimular o patrimônio resultante de violentos assaltos pelo país".

Ação em Varginha

A operação da PF desta terça ganhou o nome de "Restos da Maldade". Ainda de acordo com a corporação, os dois principais alvos da investigação estavam entre os mortos na operação policial que combateu assaltantes em Varginha (MG).

Em 31 de outubro do ano passado, 26 pessoas foram mortas na ação. Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais, elas integravam uma quadrilha especializada em crimes de roubo e alugaram uma chácara em Varginha, para preparar uma ação no município.

Ainda de acordo com a corporação, os investigados trocaram tiros com os policiais. Com eles, segundo a PMMG, foram encontrados explosivos, armas longas ponto 50 e 10 fuzis, além de outras armas, munições, granadas, coletes e 10 veículos roubados.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: g1



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário