Últimas Notícias
Brasil

Levantamento aponta recorde de pedidos de demissão no Brasil em março de 2022

Apesar das projeções do mercado de trabalho brasileiro apontarem que a taxa de desemprego do país deve ficar entre as maiores do mundo em 2022, um levantamento curioso realizado pela pela LCA Consultores, que leva em conta os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), aponta que das 1.816.882 demissões registradas no mês de março, cerca de 603.136 dos desligamentos foram voluntários. Com esses dados, março bateu recorde e passou a representar o maior número de pedidos de demissão em um único mês desde janeiro de 2020.

O levantamento leva em conta as vagas de carteira assinada. (Marcello Casal / Agência Brasil)

De acordo com Bruno Imaizumi, responsável por comandar o levantamento, esse alto número de demissões está relacionado ao fato de muitas pessoas aceitarem empregos em setores que não tinham afinidade durante a pandemia. Com isso, agora no pós-pandemia, essa parcela está procurando funções condizentes com suas qualificações.

Impacto do home office

Outra questão que pode influenciar as demissões é a volta para o trabalho presencial. Com o fim do home office, muitos funcionários perceberam que a modalidade não seria benéfica para uma boa qualidade de vida e optaram por buscar empregos que lhe oferecessem essa flexibilidade.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: O liberal



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário