Últimas Notícias
Brasil

Justiça concede liberdade condicional a Elize Matsunaga

Elize Matsunaga foi condenada a 16 anos de prisão por matar e esquartejar o marido, Marcos Kitano Matsunaga. Elize responde por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Segundo os autos, no dia 9 de maio de 2012, Elize atirou na cabeça de Marcos Matsunaga e esquartejou o corpo dentro do apartamento em que o casal morava, na zona oeste de São Paulo.

Elize Matsunaga ganhou a liberdade condicional | Reprodução

No dia 27 de maio de 2012, os restos mortais de Marcos foram encontrados. Elize confessou o crime e foi presa. Ela cumpria a sua pena na penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP).

Na tarde desta segunda-feira (30), a Justiça de São Paulo concedeu liberdade condicional a Elize Matsunaga. A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou que cumpriu o alvará de soltura à tarde.

Isso ocorreu depois que a defesa de Elize entrou com um pedido na Justiça para que ela cumprisse o restante de sua pena em liberdade. Ela foi condenada em 2016 a 19 anos, 11 meses e um dia de prisão em regime fechado. No entanto, em 2019, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu a sua pena para 16 anos e três meses.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Dol



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário