Últimas Notícias
Brasil

Oportunidade: Sedeme abre vagas temporárias para salários a partir de R$ 1.200; veja os cargos

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) reabre, a partir desta segunda-feira (11), as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) iniciado em 2021, destinado ao preenchimento de vagas temporárias. O processo, que previa o preenchimento de 36 vagas de níveis médio e superior, agora oferta 14 vagas não preenchidas anteriormente, todas com lotação na capital paraense. As informações são da Agência Pará.

Fonte/Pixabay

• O edital completo está disponível neste link. Edital

Para nível superior, os cargos são para:

Técnico em Gestão de Desenvolvimento Sustentável – Ciências Econômicas (4 vagas),

Técnico em Gestão de Desenvolvimento Sustentável – Engenharia de Minas (1 vaga),

Técnico em Gestão de Desenvolvimento Sustentável – Engenharia de Produção (1 vaga),

Técnico em Gestão Pública – Administração (1 vaga),

Técnico em Gestão Pública – Ciências Contábeis (2 vagas)

Técnico em Gestão Pública – Estatística (1 vaga).

Vagas para o nível médio

Para nível médio, as oportunidades são para o cargo de Assistente Administrativo, com 4 vagas ofertadas.

Salário para vaga na Sedeme

A remuneração para os cargos de nível superior é de R$ 1.724,64, somada a benefícios. Já as vagas de nível médio têm remuneração de R$ 1.215,50, além de benefícios.

Como funciona o PSS da Sedeme

O processo contará com três fases, sendo a primeira de inscrição, de caráter habilitatório; a segunda é a análise documental e curricular, de caráter eliminatório e classificatório; e a terceira fase, que é a entrevista pessoal, com apresentação da documentação anexada no momento da inscrição, de caráter eliminatório e classificatório.

As inscrições ao PSS serão realizadas exclusivamente por meio eletrônico, por meio do site Sipros, a partir das 00h01min do dia 11 de abril de 2022 e irão até as 23h59min do dia 13 de abril de 2022. Não será cobrada taxa de inscrição.

SIPROS

DA Redação/Viva Notícias
Fonte: O liberal



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário