Últimas Notícias
Brasil

Salinópolis: Moradores de Salinas temem pela morte do prefeito Kaká Sena

O prefeito de Salinas, Carlos Alberto de Sena Filho, o Kaká Sena, como é mais conhecido, registrou Boletim de Ocorrência (B.O), na Delegacia Geral de Polícia Civil, em Belém, em que afirma se sentir ameaçado e também teme pela vida de seus familiares, em virtude do clima de instabilidade política no município do litoral paraense.

Na denúncia feita, nesta segunda-feira (7), o prefeito dá como exemplo do ambiente de intranquilidade, a prisão no último sábado (5), de Gilmar Brito Guimarães, de 39 anos, preso em flagrante, pelo crime de porte ilegal de armas.

Gilmar, portava em via pública, uma pistola com dispositivo silencioso, um par de algemas, munições e luvas pretas. Sem porte legal de arma, o homem foi preso em flagrante, mas liberado, em seguida, após o pagamento de fiança no valor R$2.400, 00.

Gilmar é amigo pessoal do ex-prefeito de Salinas, Paulo Henrique Gomes, que inclusive teria enviado um conhecido pessoal para pagar a fiança dele. Nas redes sociais do ex-prefeito Paulo Henrique Gomes, é possível ver Gilmar em festas como na comemoração de aniversário do ex-gestor municipal de Salinas. Nas imagens, Gilmar está à vontade nos ambientes domésticos de Paulo Henrique.

População teme pela vida de Kaká Sena

Na ocorrência na Delegacia Geral, Kaká Sena informa que soube da prisão de Gilmar Guimarães, por populares, na noite de sábado (5). Diversas pessoas teriam se aproximado do carro de Kaká, procurando saber se ele estava bem, pois que um pistoleiro havia sido preso na cidade, portando pistola com silencioso, algema e luvas pretas, e que esse homem estava pronto para matar Kaká, a mando do ex-prefeito Paulo Henrique Gomes.

Ao tomar conhecimento do temor das pessoas, Kaká registra no B.O que também ficou preocupado e procurou se informar sobre a referida prisão, foi quando descobriu tratar-se de Gilmar Guimarães, quem as pessoas, de um modo geral, sabem que ele trabalhou por anos como segurança particular do ex-prefeito Paulo Henrique. Kaká também registra que a fiança de Gilmar foi paga por José Henrique, mais conhecido em Salinas como "Capota", um amigo próximo de Paulo Henrique.

O prefeito de Salinas faz questão de enfatizar no B.O que não tem certeza das informações que chegaram a ele, contudo, ele assinala "que diante do cenário político atual ficou preocupado e se sentindo imensamente ameaçado", diz um trecho da ocorrência.

Kaká Sena observa também no B.O, que teme não só por si, mas pela vida de sua família, "pois existem pessoas capazes de tudo nesse mundo", diz o B.O. O prefeito diz, ainda, que já foi ameaçado de morte anteriormente por Paulo Henrique e informa os registros dos boletins de ocorrência formalizados no ano passado e este ano também.

Nota da Polícia Civil vc

Procurada, a Polícia Civil informa Gilmar Brito Guimarães foi preso por porte ilegal de arma e liberado mediante pagamento de fiança. "A prisão foi homologada pela Justiça. O material apreendido foi encaminhado para a Polícia Científica para perícia e um novo inquérito será aberto pela delegacia de Salinópolis para investigar a origem do material apreendido".

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: O liberal



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário