Últimas Notícias
Brasil

Paysandu vai pra cima do Águia para fazer "final dos sonhos"

O principal objetivo do ano do Paysandu é a Série C e a busca pelo acesso para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, mas o título estadual é sempre destacado por jogadores e treinador. Isto porque o Papão pode chegar ao tricampeonato estadual, algo que nenhum time consegue desde os títulos de 2000 a 2002, conquistados justamente pelo Papão. Hoje à noite, na Curuzu, o time bicolor entra em campo para tentar se classificar para a decisão do Parazão 2022.

O Papão enfrenta o Azulão com a vantagem de perder por até um gol de diferença | Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu

No jogo de ida, domingo em Marabá, o Paysandu venceu o Águia por 3 a 1, garantindo uma vantagem significativa para logo mais. O Papão pode até perder por um gol de diferença que, ainda assim, estará na final. E, se isso acontecer, a decisão terá o clássico diante do Remo, com o segundo confronto no Leônidas Castro. Ao Azulão resta vencer por três ou mais gols de diferença. Se vencer por uma vantagem de dois gols, seja qual for o placar, a decisão irá para as penalidades.

Para chegar à decisão, os bicolores admitem a expectativa com o apoio maciço dos torcedores em casa logo mais. “Esperamos sempre casa cheia jogando em casa. A nossa torcida tem muita força e nos incentiva demais. Essa atmosfera de arquibancada cheia é muito boa”, afirma o goleiro Elias Curzel.

“O primeiro passo da semifinal do Parazão foi dado, com vitória relevante diante de uma forte equipe atuando em seus domínios. Esperamos a fiel bicolor para jogarmos juntos a partida decisiva”, escreveu o meia Ricardinho em seu perfil na rede social Instagram.

A vantagem de poder até perder pelo placar mínimo não é desprezada pelos bicolores, mas a palavra de ordem é cuidado.

“Construímos um grande resultado fora de casa, mas são dois jogos e o adversário é qualificado. Conquistamos uma vantagem, mas não tem nada definido ainda”, diz Elias. “Foi apenas um jogo semifinal, temos que valorizar o trabalho do Águia. Se nos classificarmos, aí sim a gente pensa em final é em clássico”, completou o goleiro.

Tanto Papão quanto Azulão devem ter hoje praticamente as mesmas formações que iniciaram a partida de domingo. A exceção é no Águia. Que não terá o volante Da Silva, lesionado. Se houver mudanças no time bicolor, será por conta do desgaste físico. O centroavante Danrlei chegou a ser substituído no Zinho Oliveira, mas treinou normalmente ontem.

Para logo mais, o técnico Márcio Fernandes ainda não poderá contar com o lateral-direito Igor Carvalho, de fora desde o primeiro jogo por causa de um desconforto na panturrilha direita. O outro desfalque é o meia-atacante Marcelo Toscano, com dores no joelho direito.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Dol



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário