Últimas Notícias
Brasil

Membro de facção que torturou e matou jovem em motel é preso

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) localizou e prendeu, na manhã deste domingo (14), o homem acusado de torturar e matar a jovem Ana Carolina de Lima Araújo, de 21 anos, no quarto de um motel, em Taguatinga Sul, em 31 de outubro desse ano.

Ruan Rodrigues de Souza, 27 anos, ele é também conhecido como R7 e faz parte da facção criminosa 'Comboio do Cão'. | Material cedido ao Metrópoles

De acordo com as autoridades, o suspeito foi identificado como Ruan Rodrigues de Souza, 27 anos. Ele é também conhecido como 'R7' e faz parte da facção criminosa 'Comboio do Cão'.

Ruan estava foragido e trocava de endereços para não ser capturado pela polícia. Os investigadores já estavam monitorando o acusado. O último esconderijo do criminoso foi a residência de uma mulher, com quem mantinha um relacionamento. No mesmo local, ele estaria acompanhado de outros membros da facção criminosa, recebendo ajuda.

Policiais da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), entraram na residência respaldados por uma autorização da Justiça. Segundo a polícia, a dona da residência será autuada por favorecimento pessoal. Além de 'R7', outro homem acusado de participação na morte de Ana Carolina também foi preso. Trata-se de José de Alencar Fernandes Filho, 25 anos. Os presos na operação serão encaminhados para a Decor.

Relembre o caso

Após sofrer tortura, Ana Carolina foi executada com tiro na cabeça por integrantes do 'Comboio do Cão', na madrugada de 31 de outubro de 2021. Segundo investigações, a vítima sofreu uma emboscada feita pelo namorado, Ruan Souza. O crime foi classificado como feminicídio.

De acordo com as apurações feita pela policia, na noite do feminicídio, a vítima bebia na companhia de Ruan em uma residência. Com o casal estavam mais quatro pessoas: três homens e uma mulher. Tarde da noite, todos resolveram ir para o motel.

Ana Carolina teria começado a ser agredida por Ruan ainda dentro do veículo. A motivação seria uma suposta traição. A jovem sofreu uma série de agressões no trajeto. Na suíte do motel, ela foi torturada e executada.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Dol



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário