Últimas Notícias
Brasil

Perícia deve esclarecer ar causas da morte de cadela pit bull em Ourém

Peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Castanhal foram chamados na última segunda-feira (23) para fazer a exumação de uma cadela da a raça pit bull que, de acordo com os tutores, teria sido assassinada. O caso aconteceu no município de Ourém, no nordeste do Estado. O procedimento foi realizado a pedido da Polícia Civil, que busca determinar a causa da morte do animal e, se comprovada a morte intencional, criminalizar o responsável de acordo com a lei de combate aos maus-tratos.

Cadela teria sido assassinada (Divulgação)

A exumação foi feita em Ourém, posto que o animal já havia sido enterrado e a carcaça estava em decomposição. Os restos mortais da cadela foram conduzidos para a unidade do CPC de Castanhal, onde foram submetidos a exames em um equipamento que possibilita a identificação de perfurações, sobretudo de armas de fogo. Esta foi a primeira vez que o aparelho foi utilizado numa perícia animal.

A análise preliminar do procedimento constatou que o animal não apresentou ferimentos oriundos de arma de fogo, mas tinha contusões pelo corpo que podem ter sido ocasionadas por ação humana, o que confirmaria o crime de maus-tratos. Todavia, também podem ter sido provocadas pela ação de outros animais, tendo em vista que a cadela foi encontrada em uma área de pasto.

O trabalho da perícia criminal vai auxiliar nas investigações sobre a morte do animal e apontar se a cadela foi ou não vítima de maus-tratos que a levaram à morte para que o possível suspeito seja autuado pela Polícia Civil.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: O liberal



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário