Últimas Notícias
Brasil

Detran fiscaliza itens de segurança e o uso de álcool por condutores de veículos em Salinas

Em Salinópolis, no nordeste paraense, 65 agentes de fiscalização do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) trabalham para manter o trânsito organizado e seguro no primeiro final de semana das férias.

Neste sábado (03), cerca de 40 veículos passavam por minuto, no posto de fiscalização do Detran, na PA-124, que dá acesso ao município. O objetivo da Operação Verão é garantir a preservação da vida de pedestres e condutores durante o mês de julho nas principais praias e balneários do estado.


 Foto: Asdecom / Detran

Na entrada da cidade, os agentes verificam a regularidade do veículo e os itens de segurança, como o cinto e o capacete, enquanto uma unidade móvel no km 4 da rodovia PA-444, na estrada da praia do Atalaia, aplica a Operação Lei Seca. "A alcoolemia é um dos principais fatores de risco e que contribui para o trânsito de alto risco. Por isso, a Lei Seca vai funcionar diariamente durante todo o mês", informa o coordenador de operações do Detran, Ivan Feitosa.

Os condutores que passam pela barreira são submetidos ao teste do etilômetro. O Detran lembra que, de 00,5 mg a 00,33 mg de álcool no sangue, a infração resulta em multa de R$ 2.934,70. Acima dessa concentração, o condutor é autuado por crime de trânsito e é conduzido para a delegacia, além de ter o veículo e a habilitação apreendidos.

Valdilon dos Santos mora em Salinópolis e foi parado pela fiscalização. Liberado no teste do etilômetro, ele elogiou o trabalho do Detran. "Acho importante essa fiscalização às pessoas que bebem e dirigem e acabam colocando a nossa vida em risco. Aqui é uma situação muito recorrente", reclama.

Gabriela Assis está a passeio em Salinas e diz que, na família, é ela quem sempre dirige. "Meu marido bebe, então eu sou a motorista. Infelizmente, as pessoas não querem seguir as regras, daí que esse trabalho do Detran é essencial", avalia Gabriela.

As equipes também monitoram o fluxo de veículos na praia do Atalaia. Este ano, a Rua A passou a ter sentido único e também está proibido o uso de quadriciclos na areia. Os agentes circulam pela praia observando ocorrências de direção perigosa. Na área da praia, as irregularidades de trânsito mais recorrentes são o uso de som automotivo, que continua proibido, e a prática do "zerinho" (manobra perigosa em que o motorista faz giros com o veículo em alta velocidade).

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a infração prevê autuação com remoção do veículo e até prisão. “Há vários anos não há registro de acidentes fatais no Atalaia por conta desse conjunto de ações que o Detran e os demais órgãos de segurança realizam no município”, afiança Feitosa.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Agência/PA



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário