Últimas Notícias
Brasil

CAPITÃO POÇO: Produtores e técnicos discutem sobre as boas práticas no manuseio da pimenta-do-reino

O empresário e produtor de pimenta-do-reino Elias Bernardo da Silva (Elias da Pimenta) participou, nesta quinta-feira 15, do evento sobre as boas práticas de manuseio da pimenta-do-reino, com foco no controle da Salmonella. O evento contou com a participação de vários técnicos/palestrantes que apresentaram diferentes formas de cuidar da pimenta-do-reino, especialmente no processo de secagem.

Foto: Viva Notícias /Empresário Elias da Pimenta

O encontro aconteceu na cidade de Capitão Poço e teve a participação de diferentes entidades públicas como Adepará, Emater, SEDAP - (Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca), Embrapa, entre outras entidades. Segundo Elias da Pimenta, "esse evento é muito bom para Capitão Poço; é uma pena que nem todos os produtores participaram; muitos produtores não estão se preocupando com a pimenta que é um alimento. Outros Países já não estão querendo comprar a pimenta do Brasil, e eu estou sentindo essa dificuldade há dois anos. Em 2021 foi mais forte. Hoje estão dando preferência à pimenta do Vietnã", ressaltou o empresário.

Ainda segundo ele, o Estado do Espirito Santo é quem está produzindo mais. "A previsão para a colheita no Estado do Pará é de cerca de 30 mil toneladas, e o Espirito Santo vai colher cerca de 70 mil toneladas. É muito importante que o produtor tenha os cuidados para evitar os problemas. Hoje a pimenta é a cultura que dá mais dinheiro por hectares, cerca de 10 vezes o valor de qualquer outra cultura; então, os grandes e pequenos precisam se unir para que todos saiam ganhando". Disse Elias.


                                                                        Foto: Viva Notícias /Empresário Elias da Pimenta

"Sou muito grato à pimenta; tudo que eu conquistei na vida foi graças ao meu trabalho com esse produto. Comecei pequeno, com poucos pés de pimenta e hoje, graças a Deus, continuo com esse trabalho e posso dizer que sou grato", finalizou. 

Da Redação/Viva Notícias



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário