Últimas Notícias
Brasil

Adepará inspeciona lavouras de abacaxi em Redenção e Santa Maria das Barreiras

Técnicos da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) inspecionaram lavouras de abacaxi nos municípios de Redenção e Santa Maria das Barreiras, no Sul do Estado. De 22 a 25 de junho foi realizado um levantamento fitossanitário da praga Fusariose do abacaxi, em cinco propriedades dos dois municípios.

Foto: Ascom / Adepará

De acordo com a responsável técnica pelo Programa Fitossanitário da Cultura do Abacaxi, Ana Thais de Leão, "a Fusariose está presente em quase todas as regiões produtoras do País, deixando o Pará dentro dessa estatística. Dessa forma, a Adepará, dentro de suas atribuições legais, estipulou medidas de controle oficial, através da Portaria nº 2.508, de 20 de agosto de 2020, visando ao não comprometimento da cadeia produtiva paraense".

Para isso, o corpo técnico da Agência realiza inspeções fitossanitárias contínuas para levantamento de ocorrência da praga, mapeamento das áreas de produção e educação sanitária, para evitar a disseminação e introdução de novas pragas.

"De 5 a 9 de julho faremos novas inspeções fitossanitárias em lavouras de abacaxi nos municípios de Bannach e Xinguara para verificar a ocorrência dessa praga", informou a fiscal estadual agropecuária Adra David, que participou das atividades com o agente fiscal agropecuário Walter Vitorino.Foto: 

Doença - A Fusariose, causada pelo fungo Fusarium subglutinans, tornou-se a principal doença da cultura do abacaxi no Brasil. Estima-se que, em ataques severos, as perdas giram em torno de 30% dos frutos e de 20% das mudas.

A característica da Fusariose é a exsudação, processo em que um líquido transpira pelos poros de uma planta e adquire consistência viscosa na superfície.

A exsudação da Fusariose é de uma substância pegajosa, de coloração marrom escura, que pode aparecer nas mudas, plantas e frutos. Pode ser mais facilmente identificada nos frutos durante a fase de maturação, quando esse processo ocorre nas cavidades florais.

Da Redação/Viva Notícias
Fonte: Ag/PA



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário